sábado, 20 de outubro de 2012

Marinheiro americano reconhece que esteve envolvido no alegado assalto sexual contra mulher japonesa em Okinawa


Por Uehara Yuu               
fonte:NHK World Press All Rights Reserved


A polícia japonesa afirma que um membro da Marinha de Guerra dos Estados Unidos deixou de negar seu envolvimento num alegado estupro de uma mulher japonesa em Okinawa.

O marinheiro Christopher Browning e um fuzileiro naval, Skyler Dozierwalker, ambos de 23 anos de idade, foram presos na madrugada de terça-feira, sob suspeita de terem realizado um ataque sexual contra uma mulher na faixa etária de 20 anos, quando a mesma regressava à sua casa. Ela teria sofrido ferimentos.

Investigadores adiantam que Browning parou de negar seu envolvimento, depois que a polícia encontrou alguns pertences da moça nos quartos do hotel dos dois oficiais da marinha. Browning anteriormente dissera que estava dormindo em seu quarto quando o incidente ocorreu.

A polícia afirma que Dozierwalker já tinha admitido seu envolvimento no crime e manifestara remorso à vítima.



6 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. O respeito é o princípio básico da diplomacia.

    ResponderExcluir
  3. tem que ser preso mesmo esses animais...

    ResponderExcluir
  4. putz, aff gente que deveria defender a patria de seu país...

    ResponderExcluir
  5. olha a cara dos manés, agora vão ser mulherzinha na cadeia

    ResponderExcluir

Leia antes de comentar. Não seram postados comentários de baixo calão,racista ou piadinhas sem sal. Sei que você é capaz de fazer um comentário de qualidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...