cresce demanda por brasileiros

Empresas japonesas estão investindo ativamente no Brasil, e a tendência é de que essas firmas contratem brasileiros que moram no Japão

ke kawaii

Nova seção do nippo press atualizada semanalmente

Seção mulher

Dicas de saude, moda,comportamento e beleza da mulher.

Fofocas

Fofocas das celebridades

nossa mini loja virtual

Nossa mini loja virtual em parceria com ML.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Governo japonês vai passar a financiar descontaminação de áreas em Fukushima


O governo japonês vai passar a usar o dinheiro do contribuinte para financiar operações de descontaminação em partes de zonas de entrada proibida na província de Fukushima.
Tóquio decidiu pela primeira vez arcar com gastos de trabalhos de descontaminação em áreas que são proibidas porque têm níveis de radiação muito elevados em decorrência do acidente nuclear na usina Fukushima 1 em 2011.
A descontaminação tem sido financiada pela operadora da instalação nuclear, a Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco).
Segundo o governo japonês, o dinheiro do contribuinte será usado para financiar trabalhos de descontaminação que vão começar em abril.
A limpeza das áreas faz parte dos esforços de Tóquio para estabelecer "bases de reconstrução" em zonas proibidas para permitir que ex-moradores voltem a viver na região.
O governo japonês anunciou que optou por não pedir para a Tepco arcar com os gastos de descontaminação porque a operadora já compensou financeiramente ex-moradores que deixaram as zonas proibidas.
Fonte: NHK WORLD

sábado, 26 de novembro de 2016

Fidel Castro falece aos 90 anos em Cuba


Fidel Castro, ex-líder cubano, faleceu aos 90 anos de idade.
O presidente Raul Castro, seu irmão mais novo, anunciou, em rede de TV estatal na sexta-feira, o falecimento de Fidel às 10h29 da noite.
Fidel Castro liderou a revolução comunista que derrubou, em 1959, o governo apoiado pelos Estados Unidos. Durante a guerra fria ele estreitou as relações com a antiga União Soviética. Em 1962, o envio de mísseis soviéticos para o país provocou a denominada "Crise dos Mísseis de Cuba", colocando o planeta à beira de uma guerra nuclear.
Fidel transferiu o poder em 2008 ao seu irmão mais novo, Raul Castro, dois anos depois de sua saúde ter deteriorado, continuando a manter, contudo, sua influência política.
Cuba restaurou os laços diplomáticos com os Estados Unidos em julho do ano passado, encerrando décadas de hostilidades. Fidel apoiou a decisão do irmão em negociar a reaproximação.
O premiê japonês Shinzo Abe se reuniu com Fidel Castro em setembro, quando realizou a primeira visita a Cuba por um primeiro-ministro do país.
Fonte: NHK World

domingo, 6 de novembro de 2016

Governo do Japão aumenta apoio a programa de professores assistentes de inglês


O governo japonês vai aumentar o apoio a autoridades locais para um programa que convida estrangeiros fluentes em inglês com o objetivo de melhorar o ensino da língua em escolas do ensino fundamental.
O programa Professores Assistentes de Línguas indica pessoas do exterior para escolas da primeira e segunda etapa do ensino fundamental a fim de ajudar professores japoneses de línguas estrangeiras, principalmente inglês. O projeto começou há 30 anos.
O Ministério do Interior e Telecomunicações do Japão decidiu aumentar a assistência financeira aos governos municipais para o programa. O ensino de inglês vai tornar-se parte oficial do currículo a partir da quinta série em 2020.
Fonte: NHK WORLD

sábado, 5 de novembro de 2016

Governo japonês conduzirá levantamento sobre discriminação racial no país


O Ministério da Justiça do Japão vai conduzir seu primeiro levantamento em escala nacional sobre discriminação racial contra estrangeiros residindo no país.
O ministério vai enviar questionários pelo correio em meados de novembro para 18.500 estrangeiros residindo em Tóquio, Osaka e outras cidades.
O número de estrangeiros vivendo no Japão chegou a uma alta recorde de cerca de 2 milhões e 300 mil pessoas ao final de junho. Contudo, o aumento coincide com relatos de discursos de ódio direcionados contra minorias étnicas, em especial contra residentes coreanos.
A pesquisa vai perguntar a estrangeiros se já sofreram com a recusa na prestação de serviços devido a questões raciais, e se já presenciaram linguagem preconceituosa em manifestações, na internet, ou outros locais. Também será perguntado sobre sugestões para acabar com a discriminação.
O Ministério da Justiça vai publicar os resultados do levantamento até o final de março do ano que vem.
Fonte: NHK WORLD

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Japão quer atrair 40 milhões de turistas estrangeiros em 2020


O secretário-chefe do gabinete japonês, Yoshihide Suga, disse que o Japão vai se esforçar ainda mais para atrair ao país 40 milhões de turistas estrangeiros em 2020.
Suga deu a declaração na segunda-feira, após o Ministério do Turismo divulgar que o Japão já recebeu mais de 20 milhões de turistas estrangeiros neste ano.
De acordo com o secretário-chefe do gabinete japonês, o número aumentou muito por causa de medidas arrojadas do governo para promover o turismo. Em seguida, Suga disse que a política é um dos pilares da estratégia de crescimento implementada pela administração do premiê japonês, Shinzo Abe.
O secretário-chefe do gabinete do Japão também afirmou que a marca de 20 milhões representa somente metade do número de turistas estrangeiros que o governo quer atrair em 2020.
Segundo Suga, para atingir a meta de 40 milhões, a administração Abe vai tentar atrair investimentos do setor privado para alçar parques nacionais do Japão a padrões mundiais, criar comunidades atraentes com casas tradicionais japonesas, acelerar procedimentos de imigração em aeroportos e facilitar requerimentos para chineses, indianos, russos e pessoas de outras nacionalidades tirarem o visto de turismo.
Fonte: NHK WORLD

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Japão registra mais de 20 milhões de visitantes estrangeiros pela primeira vez


O Ministério de Turismo do Japão diz que o número de visitantes estrangeiros ao país este ano superou pela primeira vez a marca de 20 milhões no domingo. Esse número é superior ao recorde de cerca de 19,7 milhões registrado no ano passado.
O ministro de Turismo Keiichi Ishii divulgou os dados na segunda-feira. Medidas que facilitaram a requisição do visto de entrada e o aumento do número de lojas que não cobram imposto sobre o consumo contribuíram para o aumento do número de visitantes estrangeiros ao país. A ampliação de rotas aéreas entre o Japão e outros destinos da Ásia também contribuiu, atraindo um grande número de turistas da China, Coreia do Sul e Taiwan.
O governo japonês pretende expandir o turismo como parte de sua estratégia de crescimento econômico. Para atrair mais turistas, ele planeja melhorar aeroportos e portos, além de promover patrimônios culturais e parques nacionais em áreas regionais.
A meta do governo é dobrar o total anual de visitantes para 40 milhões em 2020, ano em que o país sediará a Olimpíada e Paralimpíada de Tóquio.
Fonte: NHK WORLD

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Motorista é condenado por acidente fatal provocado enquanto jogava Pokémon Go


Um motorista que causou a morte de mulher e ferimentos em outra enquanto dirigia jogando Pokémon Go foi condenado a 14 meses de prisão no Japão.
A sentença foi proferida na segunda-feira pela Corte Distrital de Tokushima, no oeste do Japão. Keiji Goo, de 39 anos, foi condenado por condução negligente resultante em morte e outras acusações. Este foi o primeiro acidente fatal registrado no Japão envolvendo o popular jogo para smartphone.
Fonte: NHK World

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Situação de Tottori, uma semana após ocorrência de terremoto de 6,6 graus de magnitude


Uma semana se passou desde que um terremoto com 6,6 graus de magnitude atingira a província de Tottori, na região oeste do Japão.
Funcionários do governo provincial disseram que 18 pessoas em sete municipalidades receberam tratamentos em hospitais devido a ferimentos e problemas de saúde.
Mais de 2.600 casas sofreram danos.
O setor agrícola da província sofreu prejuízos em um total de cerca de 4 milhões e 700 mil dólares. Peras, que são produtos de especialidade da província e que estavam em fase de colheita, foram particularmente afetadas.
Danos em rodovias e rios foram confirmados em 101 localidades. Estima-se que o valor total dos danos seja de cerca de 11 milhões de dólares.
Nesta sexta-feira, em uma entrevista à imprensa, um funcionário da Agência de Meteorologia do Japão, disse que as atividades sísmicas diminuíram, porém, os tremores ainda continuam.
Fonte: NHK WORLD
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...